Todos os Homens do Presidente

Em 1972, depois que a sede do Partido Democrata, localizada no Conjunto Watergate, é invadida por cinco homens que tentavam instalar escutas, Bob Woodward (Robert Redford), que trabalhava há nove meses como repórter do jornal “The Washington Post”, na editoria de cidades, é indicado para cobrir o caso. Quando o processo chega aos tribunais, Woodward não dá sossego a um dos advogados dos suspeitos, querendo saber da ligação entre eles. Carl Bernstein (Dustin Hoffman), um jornalista mais experiente e especializado em assuntos políticos, também entra fundo nas investigações. Os dois jornalistas começam a investigar e acabam descobrindo o envolvimento do governo americano no caso com a ajuda preciosa de um informante mantido em sigilo, conhecido apenas pelo pseudônimo “Garganta Profunda”. A insistência dos jornalistas no caso levou à renúncia do presidente Richard Nixon.
Para gravar All the President’s Men (título original), foi montada uma réplica da redação do Washington Post em estúdio, com a colaboração da direção do jornal. O filme ganhou quatro Oscar, nas categorias de Melhor Ator Coadjuvante para Jason Robards, Melhor Direção de Arte, Melhor Som e Melhor Roteiro Adaptado, sendo ainda indicado para Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Atriz Coadjuvante (Jane Alexander) e Melhor Edição.
Já nos créditos da abertura, com o violento som das letras sendo escritas numa máquina de escrever parecendo tiros dão uma idéia da intenção do diretor Alan J. Pakula de mostrar que palavras podem ser usadas como armas. O efeito foi obtido mesclando o som de uma máquina de escrever com sons de tiros disparados por um revólver. Frank Wills, o segurança que descobriu a invasão no edifício Watergate, faz uma pequena ponta no filme atuando como ele mesmo.
Não há muito mais o que se dizer a respeito de Todos os Homens do Presidente, a não ser que é uma aula de jornalismo e de cinema e que deve ser assistido com toda a atenção, pela riqueza de detalhes e a quantidade de nomes citados na trama. Só mais um comentário: O filme é perfeito ao ponto de conseguir manter a tensão e o suspense numa história que todos já conhecem o final. Assistam! Drama, 138 min. Baixe esse filme.
.
.
Edição especial
No aniversário de 30 anos do filme, em 2006, foi lançado um DVD especial com  extras – entrevista com Carl Bernstein e Bob Woodward, depoimentos e análises sobre como seria a cobertura de um caso parecido nos dias atuais. Veja matéria do Cinema UOL, de fevereiro de 2006 sobre o aniversário do filme e link para comprar o DVD duplo especial.
.
.

Tags:, ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: