Os Miseráveis

Após cumprir dezenove anos de prisão com trabalhos forçados, por ter roubado comida, Jean Valjean (Liam Neeson), em liberdade condicional, foge, e é acolhido por um bispo (Peter Vaughan). No meio da noite ele rouba a prataria e agride o bispo. Quando Valjean é preso com os objetos roubados, o compassivo bispo mente dizendo à polícia que lhe deu a prataria. Este gesto nobre devolve a fé que Valjean havia perdido. Anos mais tarde, ele está completamente regenerado e usa outro nome, é prefeito e principal empresário em uma pequena cidade, quando Javert (Geoffrey Rush), um guarda da prisão, o reconhece e passa a persegui-lo.

Neste meio tempo uma empregada de Valjean, Fantine (Uma Thurman), é despedida. Sem saída, passa a prostituir-se e é presa. Valjean usa sua autoridade para libertá-la e a leva para casa. Ela agora é mãe, mas está à morte e obtém de Valjean a promessa de que cuidará de sua filha. Antes de buscar a menina no bordel, ele se sente moralmente obrigado a revelar sua identidade à polícia, para evitar que outro homem seja preso no seu lugar. Javert volta a perseguir Valjean, que foge para Paris e passa a criar a menina como se fosse sua filha.

O filme (1998) é uma adaptação direta da obra Les Misérables, do escritor francês Victor Hugo, publicada em 1862, que teve inúmeras adaptações para o teatro e cinema. O diretor Bille August, vencedor de duas Palmas de Ouro, caprichou no elenco e na produção, mas o filme não funciona como deveria.

Até Geoffrey Rush, vencedor do Oscar de Melhor Ator por Shine – Brilhante, está inexpressivo, e é do seu personagem a resolução final da história no filme que muda completamente o sentido da obra. Mas mesmo que se tenha lido o livro ou se saiba que esse não é o final original da história, ainda assim o filme vale a pena. Faltou, na minha opinião, a cena inicial do roubo do pão que dá sentido ao personagem principal. Os Miseráveis é uma história universal e envolvente que deve ser conhecida por todos.
Drama, 131 min. Baixe esse filme.

Tags:, , , ,

One response to “Os Miseráveis”

  1. barbara says :

    amei o livro. achei o personagem principal muito esperto, e quando comecei a ler não queria mais parar. faz meu tipo de livro concerteza. ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: